Os dentistas nos Hospitais.


O trabalho do dentista nos hospitais é respaldado pela Resolução 163/2015 do Conselho Federal de Odontologia que reconhece o exercício da odontologia hospitalar pelo cirurgião-dentista.

Segundo a resolução, a Odontologia Hospitalar é uma área da Odontologia que atua em pacientes que necessitem de atendimento em ambiente hospitalar, internados ou não, ou em assistência domiciliar. Tem como objetivos: promoção da saúde, prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças orofaciais, de manifestações bucais de doenças sistêmicas ou de consequências de seus respectivos tratamentos.


O dentista no ambiente hospitalar irá atuar em equipes multiprofissionais, interdisciplinares e transdisciplinares na promoção da saúde baseada em evidências científicas, de cidadania, de ética e de humanização; O cirurgião-dentista deve ter competência e habilidade para prestar assistência odontológica aos pacientes críticos ou pacientes em regime de internação, ambulatorial, domiciliar, urgência e emergência. Este profissional precisa saber atuar em caso de emergência médica, atuar na dinâmica de trabalho institucional, reconhecendo-se como agente desse processo e aplicar o conhecimento adquirido na clínica propedêutica, no diagnóstico, nas indicações e no uso de evidências científicas na atenção em Odontologia Hospitalar.


O Cirurgião-dentista também deve incrementar e estimular pesquisas que permitam o uso de novas tecnologias, métodos e fármacos no âmbito da Odontologia Hospitalar e atuar integrando-se em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde em ambiente hospitalar.

13 visualizações
icones-ingressar.png